Pesquisar no blog

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Vapt-Vupt



Um limite para a arquitetura?

E no Brasil? Pode ser útil?

2 comentários:

Edgar Pereira disse...

Limite para arquitetura? Na minha visão, não, de forma alguma. Basta lembrar que casas pré-fabricadas foram objeto de projeto de renomados arquitetos - Le Corbusier, com seu módulo Dom-Ino (de Dominó), por exemplo. Há até uma exposição no MoMA de New York sobre casas pré-fabricadas - Home Delivery: Fabricating the Modern Dwelling, com projetos de arquitetos como Richard Rogers.

Agora, quanto a aplicação no Brasil... ainda estamos distantes de uma industrialização convincente da construção civil. Nossas casas pré-fabricadas são uma piada... Sem contar que nossa mão-de-obra barata e processos construtivos tradicionais igualmente baratos - a alvenaria de blocos cerâmicos é extremamente barata, devido inclusive à proliferação de olarias que nem sempre produzem de acordo com os procedimentos ambientais necessários - podem inviabilizar economicamente a inserção de uma nova técnica construtiva.

Marco Antonio Borges Netto - Marcão - revistacrise@email.com disse...

Concordo com vosê, Edgar. O Lelé que o diga.